Dados atualizados quanto ao desempenho de Alto Rio Doce na luta contra o Coronavírus

       

1700

         Mais de 1.700 doses da vacina contra o Coronavírus já foram aplicadas no município. Os dados englobam a imunização de profissionais de saúde, pessoas com mais de 70 anos e deficientes.

         Hoje, no Brasil são 19.1 milhões de vacinados correspondendo a 9,06% da população, em Minas Gerais são 1.6 milhões de vacinados, correspondendo a 3,23% da população.

     O município continua acima da média com 1.779 doses de vacina aplicadas,  correspondendo a 13,15% da população do município. Essas porcentagens são referentes à primeira e segunda dose, .

O desempenho de Alto Rio Doce na luta contra o COVID-19

         

           Na luta contra o coronavírus, Alto Rio Doce tem avançado bastante na aplicação de vacinas, seu desempenho está entre os melhores.

                Hoje, no Brasil são 15.5 milhões de vacinados, correspondendo a 7,32% da população, em Minas Gerais são 1.2 milhões de vacinados, correspondendo a 5,87% da população.

           O município continua acima da média com 1004 pessoas vacinadas, correspondendo a 9,25% da população do município. Essas porcentagens são referentes à primeira dose.

     anigif2

 Vacinação de idosos no sistema drive-thru

         O sistema drive thru (sistema de vacinação sem sair do carro) conduzido pela Secretaria Municipal de Saúde, na terça-feira (30 de março de 2021),  funcionou perfeitamente. A logística para vacinar os idosos de 70 anos ou mais ocorreu de forma segura, organizada e ágil, com o auxílio e apoio da Polícia Militar de Minas Gerais.

          O Posto de Saúde Florestal foi ponto de vacinação contra a Covid-19, com mais de 170 doses aplicadas na parte da manhã, a imunização foi disponibilizada para idosos a partir de 70 anos. As vacinas foram aplicadas em formato drive-thru, no estacionamento do posto; e idosos dentro da faixa etária que não estavam de carro, também, foram imunizados. O horário de atendimento foi das 8h às 17h.

          Vale lembrar que para receber a primeira dose da imunização, é obrigatório apresentar documento de identidade.

Ações para o desenvolvimento agrícola de Alto Rio Doce

IMG-20210326-WA0011

            O governo municipal, através do Setor Agropecuário – PRONAF, promove ações para o desenvolvimento agrícola da região.

          Essas ações, conforme pode ser visto na imagem ao lado, auxiliam o agricultor na ampliação e escoamento da sua produção. Segundo o Pronaf, os serviços prestados deixam a área pronta para o plantio.

Mais informações: (32) 3345 – 1841

 Ari Santana de Carvalho – Coordenador do Pronaf

Programa de apoio aos comerciantes

 

          A medida faz parte das ações temporárias e emergenciais devido à pandemia provocada pela COVID-19 (Novo Coronovírus), são elas:

           1. DECRETO 2748/2021 que prorroga os vencimentos de IPTU e taxas TLLF de 2021.

          2. DECRETO 2741/2021 que aprova a remissão dos créditos tributários de IPTU até R$ 35,00 de 2017.

          É intenção do prefeito, respeitado os prazos legais, estender a remissão para os anos posteriores.

          3. PROJETO DE LEI, a ser aprovado pela câmara municipal, que isenta em 100% juros e multas incidentes sobre os créditos tributários não ajuizados (administrativos) para os anos anteriores a 2021. Para os ajuizados (Fórum) pelo executivo anterior, enviaremos ofício autorizando, se viável, a devolução dos processos em dívida ativa.

Recuperação de estradas rurais

trator

           Na manhã de quarta – feira, 24 de março, a Prefeitura de Alto Rio Doce iniciou as obras de recuperação de estradas rurais que ligam a sede a seus distritos. 

         Com o objetivo de melhorias na qualidade de vida dos moradores da zona rural, bem como de boas  condições para facilitar o escoamento de produção, o governo municipal através do departamento de obras está realizando um trabalho de recuperação das estradas rurais que ligam a sede a seus distritos. Os trabalhos irão beneficiar cerca de 18 quilômetros da estrada Alto Rio Doce/Vitorinos, subsequentemente será  Alto Rio Doce/Arco Verde. Após esses, as demais localidades do município, conforme programado.

ALERTA À POPULAÇÃO

imagem          Prevenção ao contágio da COVID-19 é essencial no combate ao vírus.

          Considerando o descontrole e o aumento do número de casos de Covid-19 no Estado, o esgotamento progressivo dos leitos de UTI, a superlotação dos hospitais e a necessidade da participação coletiva no controle da transmissão da doença.

          O Governo Municipal de Alto Rio Doce reforça os cuidados preventivos e de higienização. Para minimizar os riscos a população deve evitar aglomerações, preservar e manter o distanciamento social seguro, lavar as mãos sempre que possível, utilizar álcool em gel e usar máscara facial sempre que for necessário sair de casa.

Qual a situação de Alto Rio Doce quanto a aplicação da vacinação contra o COVID-19

vacinometro 2

         

           Alto Rio Doce continua acima da média com 628 pessoas vacinadas, correspondendo a 5,78% da população do município. Essas porcentagens são referentes à 1ª Dose.    

          Hoje, no Brasil são 10.1 milhões de vacinados, correspondendo a 4,76% da população, em Minas Gerais são 875 mil de vacinados, correspondendo a 4,11% da população.

Governo do Estado de Minas Gerais determina ONDA ROXA para a macrorregião.

        

        1-comunicado urg  Para conter a evolução da Pandemia e reestabelecer com velocidade a capacidade de assistência médica da macrorregião, preservando a rede hospitalar em todo o estado. A Prefeitura de Alto Rio Doce segue a deliberação do Comitê Extraordinário do COVID-19 n° 137, segundo decreto N°47.886 de 15 de março de 2020, publicado pelo Estado de Minas Gerais.

          Fica estabelecido que a macrorregião centro sul que inclui Alto Rio Doce regredirá para a Onda Roxa do programa Minas Consciente. A fase mais rígida do plano, passa a entrar em vigor a partir de hoje 13 de março e é impositiva, ou seja, o município é obrigado a cumprir a decisão do Governo do 2-fique m casaEstado.

          Na fase mais restritiva para enfretamento à pandemia a princípio tem duração de 15 dias, só é permitido o funcionamento de serviços essenciais e a circulação de pessoas fica limitada aos funcionários e usuários desses estabelecimentos. O deslocamento por qualquer outra razão deverá ser justificado e a fiscalização será feita com o apoio dos municípios e da Polícia Militar. As regras para os municípios que estiverem na onda roxa incluem a proibição de circulação de pessoas sem o uso de máscara de proteção, em qualquer espaço público ou de uso coletivo, ainda que privado; a proibição de circulação de pessoas com sintomas gripais, exceto para a realização ou acompanhamento de consultas ou realização de exames médico-hospitalares; a proibição de realização de reuniões presenciais, inclusive de pessoas da mesma família que não coabitam; e realização de qualquer tipo de evento público ou privado que possa provocar aglomeração, ainda que respeitadas as regras de distanciamento social.